quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

O Corpo Como Manifesto


O CORPO COMO MANIFESTO
SOBRE O GRUPO DE PESQUISA
O Corpo Como Manifesto, ira propor um processo de pesquisa corporal para se pensarem em como utilizamos o nosso corpo para transmitir intenções, opiniões, decisões, ideologias ou ideias e discutir o que realmente faz parte do nosso corpo… Com caráter performativo e com objetivo de produção de material a partir de nós mesmos. Os processos de investigação e provocação serão a partir da obra do filósofo Foucault “Os Anormais” que discute o que seria considerado normal perante a sociedade e nos mesmo, técnicas de ViewPoints e experiências pessoais de modo geral.
 
ENCONTROS:
1º Encontro – Conhecimento: Pesquisa de View Points e mini improvisações. (04/02 – Sábado)
2º Encontro – O Corpo que Fala: Improvisações Corporais e Dança (05/02 – Domingo)
3º Encontro – Local de Fala: Pesquisa de View Points Vocais e Canto (11/02 – Sábado)
4º Encontro – Memórias: Criação e Elaboração de Material Pessoal (12/02 – Domingo)
5º Encontro – Manifesto: Apresentações de Material Produzido. (18/02 – Sábado)
6º Encontro –Corpos Ativos: Rito de Encerramento (19/02 – Domingo)


ORIENTADOR: Caio Bigliazzi, Ator
Formado pela Escola Nacional de Teatro em 2015, participou do processo da 2ª dentição da Universidade Antropófaga no Teat®o Oficina em 2015, Integrante do grupo de estudos LITA – Laboratório de Investigação e Treinamento Atoral com Andrea Weber a partir das práticas do Odin Teatret. Em 2016 a partir da elaboração do Projeto Cores participou de oficinas e workshops de Canto (Com Saulo Vasconcelos na ENT), Teatro Musical e View Points (Com Samantha Caracante na ENT), Dramaturgia – O Corpo Interdito (Com Ronaldo Serruya no Grupo XIX) e O Ator Travesti ( Com Fabiano de Freitas e Teatro Kunnyn).


PROJETO CORES:
O Projeto Cores surgiu a partir de uma pesquisa pessoal de Caio Bigliazzi que tem ganhado outras proporções desde então. A proposta do projeto é estudar e pesquisar vida e obra de autorxs, filósofxs, estudiosxs, dramaturgxs, poetas… LGBT’s e relaciona-lxs com a realidade atual, além de fazer pontes com fatos históricos como a Ditadura Mlitar, Movimentos LGBT’s e Movimentos de Interdição ao Corpo. Propõe também descentralização do tema das capitais para outras regiões.


INFORMAÇÕES GERAIS:
Público Alvo: Para qualquer pessoa interessada e disposta a descobrir novas experiências.
Inscrições: A partir de 21 de Dezembro de 2016 até 25 de Janeiro de 2017
Vagas: 20
Período: 04 à 19 de Fevereiro de 2017
Data: Sábados e Domingos das 18:30 às 22:30
Local: Escola Nacional de Teatro – R. Senador Fláquer, 958 – Santo André – São Paulo | SP
Valor: R$ 30,00 (Somente para cobrir gastos de materiais que serão utilizados e registro fotográfico para os participantes terem como material)
OBS.: Inscrições somente para maiores de idade.

Nenhum comentário :