sábado, 28 de julho de 2012

Capitulo 59 – Dino



Capitulo 59 – Dino

Eu tinha um leve desejo, o desejo de tela, segurei a nuca dela e lhe dei um beijo, fazendo com que ela se surpreendesse com a minha reação repentina, ela olhou nos meus olhos e reparou oque eu queria.
Ela correspondia a cada movimento meu e me acariciava com aquela mão suave, sua mão passava do tórax para a barriga e a outra entrelaçava os dedos em meus fios de cabelo, eu a pegava pelas pernas e e agarrava sua cintura, fazendo ela se aproximar de mim.
Aline tirou minha camiseta e desabotoou meu shorts jeans, eu tirei a sua camiseta e comecei a lhe dar vários selinhos pelo seu corpo todo, ela sorria e me agarrava com força e enquanto o por do sol caia, nos dois nos amávamos.
Ela tirou  meu shorts e eu tirei o  dela, ela começou a tirar a minha cueca mas antes, decidi brincar um pouco com o corpo dela  com caricias e beijos ...
...
...
No dia seguinte, acordei com o barulho das ondas, o sol iluminava o quarto e projetava aquele efeito amarelado, olhei para a Aline que estava sorrindo e abraçada comigo. Tentei me soltar dela sem acorda-la, mas não deu muito certo!
-Amor? – perguntou ela sonolenta.
-Bom dia linda! – respondi.
-Bom dia seu coisa!
-Nossa, coisa?!  Valeu, deixa você!
Ela começou a rir e me puxou me fazendo deitar novamente, e me beijou:
-Bobo. –disse ela.
-É eu sei! – confirmei sorrindo e preso nos olhos dela.
Me levantei novamente e sai da cama.
-Ei fica um pouquinho aqui comigo? – pediu ela.
-Tá. – responde. –Mas espera.
Caminhei até o dinossauro enorme de pelúcia no canto do quarto, e o peguei e levei ele pra cama.
-Felipe, pra que você trouxe o Dino? – perguntou ela.
-Pra gente brincar. – falei animado deitando na cama.
-Mas eu num quero brincar! – respondeu ela fazendo bico.
-Ah quer sim!
-Quero não!!
-Vai, só um pouquinho?
-Não!!
-Você vai deixar o Dino triste!
-Problema dele! – respondeu ela enfiando a cara no travesseiro.
-Bua bua bua bua. – imitei um choro e mexi o bicho verde enorme uqe estava nas minhas mãos. – Hora da vingança!
Peguei os braços dele e comecei cutuca-la e fazer cocegas nela, que logo respondeu com um sorriso no rosto e risos, larguei o Dino e fiquei sobre o corpo dela, e continuei com as cocegas.
-Para Felipe, seu chato! – pedia ela em meio as risadas.
-Não! – respondi sorrindo. – Estou vingando o Dino, que foi desprezado! Tadinho
Continuei por mais um tempo, e logo parei, o corpo dela estava mole de tanto rir.
-Eu Te Amo! – falei olhando nos seus olhos.
Ela estava cansada demais para responder e ainda recuperava o folego e depois de respirar um pouco, me puxou pela nuca e me deu um beijo.
Seus dedos entrelaçaram com os meus fios de cabelo e com a outra mão me acariciava, entrei no jogo e me aproximei dela, acariciando seu corpo.
-Hum, sua pervertida! – falei olhando o sorriso malicioso dela.
-Eu sei que você gosta!
-É você sabe, que gosto né.
-Uhum.
Nos beijamos mais um pouco e trocamos mais caricias.
-Dino é melhor você não ver isso! – falei empurrando o bicho da cama.
...
...
Depois da nossa leve diversão, levantamos e fomos tomar café da manha, que já era quase um almoço, fiz lanchinhos naturais novamente para a Aline e ela preparou o café para mim.
Peguei o livro que estava lendo ontem e comecei a lê-lo enquanto tomava o meu café, a Aline me chutava por de baixo da mesa querendo minha atenção, que logo conseguiu.
-Pronto, sua coisa. – disse. – Eu paro de ler.
-Ebaa!
Luke se divertia no chão rolando e brincando com algo que havia encontrado, ultimamente ele estava se divertindo tanto, que nem nos dava muita atenção!
Depois de terminarmos o café, juntos arrumamos a meça e lavamos a louça, ou melhor fizemos guerra de água e sabão, deixando a cozinha toda molhada, oque fez a alegria de Luke que patinava  sobre a água, depois de terminarmos a zona decidi levar a Aline tomar um banho, para tirar o sabão do corpo. Peguei ela no colo e a levei para o chuveiro com roupa e tudo, fomos tirando a roupa aos poucos e nos beijávamos em meio a mais uma guerrinha de sabão, até que depois de um tempo decidimos parar e tomamos banho juntos. Com muito beijo e carinhos.
Ao sair do banho, a Aline quis sair da casa e ir lá fora, colocou um biquíni e eu uma sunga e uma bermuda, passei protetor solar nela e ela em mim, e depois fomos juntos para a água.
A tarde estava perfeita, e o sorriso da Aline brilhava para mim sob a luz radiante do sol, ela se jogava para debaixo da água cristalina e eu a acompanhava e de vez em quando dávamos selinhos em baixo da água, o mar estava calmo, então dava para fazer nossas brincadeiras tranquilo, sem nenhum risco.
Depois de um bom tempo na água, eu a abracei e a beijei com vontade.
-Amor acho melhor voltarmos um pouco, você já ficou muito tempo no sol!
-Uhum, anjinho protetor! – disse ela sorrindo.
-Vamos comer alguma coisa e depois voltamos, quando o sol der uma trégua.
Saímos do mar, mas antes de entrarmos brincamos de pega-pega, e até o Luke entrou na brincadeira, do nada a Aline para e da um leve gemido, preocupado corri o mais rápido que pude e me aproximei dela.
-Oque foi ? Aconteceu alguma coisa? – Perguntei.
-Uhum. –falou ela sorrindo.
-Oque? –fiquei curioso.
-O Arthur está chutando!
Coloquei a mão em cima da barriga dela e senti as leves batidas, eu e ela sorrimos um para o outro e nos beijamos, e o Arthur se mexeu um pouco mais.
-Parece que ele está feliz e muito animado. – falei me aganhando. – Papai te ama! – falei beijando a barriga dela.
...
...
Capitulo 60- Convite
O celular tocou e me surpreendi com quem estava ligando...

Nenhum comentário :