segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Previa do Cap. 20


Capitulo 20 - Ultimo dia 
  
        Chegou o ultimo dia deles na casa da praia, construída pelo o pai de Felipe, e ai como será que eles iram aproveitar essa tarde ? Aos beijos, abraços, com pegadas bem quentes ou com conversas? Bom eu não posso contar agora, mas o que não irá faltar é amor e carinho entre os dois!

        Não perca, nesta quarta-feira dia 02/11 às 23:30 

Continue Lendo ►

O Acampamento das Almas:



Primeira temporada:

O  Acampamento  das  Almas:
Prólogo

Aquele era um dos lugares mais divertidos da cidade, todas as férias íamos lá um pouco, para nos divertir. Mas um certo dia quando estávamos tranquilos sentados na beira do lago, uma das garotas do nosso grupo estava se afogando, fiz de tudo para tentar salva-lá mas infelizmente não consegui, e depois de então nunca mais voltamos para o acampamento. Depois de algum tempo, o irmão gêmeo dessa garota desapareceu, e durante dois anos ficamos sem noticias dele.
Nesses últimos dois anos, eu perdi o contato com essa turma de amigos, pois mudei de escola e me mudei para a cidade vizinha, nesse novo grupo de amigos contei pra eles sobre o acampamento, como nunca tinham ido a um, ficaram curiosos para ir lá  e eu sugeri que fôssemos nas férias.
Quando chegamos lá, o lugar estava vazio, apesar de estar em plena temporada, mas não demoramos muito para entender o porque... Perdemos um por um do nosso grupo, cada um morto de uma forma diferente, e perto do final só restou eu e minha namorada, em meio daquele breu que era a floresta...
Continua...

Não perca os próximos capítulos da nova Web-Série do blog!
Autores: @gabiparceli @Izaamoutinho_ @Paah_gabrielle e @Caio_Bigliazzi

(Especial de Heloween)
Continue Lendo ►

domingo, 30 de outubro de 2011

10.000 Visualizações


OMG nem acredito que estou com 10.000 views !

Nossa amo muito vocês, sério MUITO OBRIGADO!

 I ♥ YOU 

MUITO OBRIGADO ! 

Continue Lendo ►

Não perca ...


A primeira história de terror do blog!

E não se esqueça que nesse acampamento, pode te acontecer coisas já mais vistas antes! 

Em Breve

Continue Lendo ►

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Capitulo 19 – Marcas




Capitulo 19 Marcas

A Aline parecia uma mãe, tentando acalmar o filho, e que de certa forma funcionava! Quando eu me acalmei, fui tomar um banho por que eu estava até suado de tão nervoso que estava!
Naquela manha chovia intensamente, o que me acalmava mais ainda, adorava ouvir o barulho da chuva!
...

...
Depois que sai do banho mais relaxado, coloquei uma bermuda e fui para o quarto, a Aline estava sentada e enrolada no cobertor,por causa do frio, logo que sentei ao seu lado eu a abracei:
-Você está melhor? –perguntou a Aline.
-Sim, obrigado por cuidar de mim!
-Só estou fazendo o que você faria por mim!


Coloquei minha mão na nuca dela e agarrei seu cabelo, a puxei para perto de mim ,a envolvi nos meus braços, deitei ela na cama e a beijei da forma mais calma possível, parei o beijo aos selinhos:
-Mesmo assim obrigado por existir e fazer de cada dia da minha vida único e especial! Eu te amo mais que tudo neste mundo! – falei.
Voltei a beijá-la, depois ficamos mais um tempo deitados, até Aline querer tomar café, levantamos e fomos para a cozinha, antes de sairmos do quarto a Aline pegou a blusa que eu usara na noite anterior e a vestiu.


Fomos para a cozinha e ela foi preparar o café e eu arrumar a mesa, quando acabei encostei no balcão da cozinha  para observá-la, mas não resisti e a agarrei:
-Amor você não está com frio? – perguntei.
-Estou sim, mas ...
-Mas nada pode ir lá dentro e colocar uma roupa, antes que fique doente.
-A não, depois eu me troco!
-Por favor, não quero que fique doente!
-Então me esquenta, que depois eu troco de roupa!
-Vai ser um prazer! – a agarrei por traz e comecei morder sua orelha
-Ei, eu falei me esquentar, não me abusar!
-Desculpa é que você é tão irresistível!


Tomamos café da manha e depois fomos para a sala, ela com preguiça de colocar uma blusa, pegou o cobertor  e se cobriu e deitou no meu colo no sofá:
-Fala de mim mas também está sem blusa não é Felipe!
-Mas eu estou com calor !
-Mesmo assim ficar com o peito e as costas de fora nesse frio não faz bem!
-Depois eu coloco uma blusa!
Passado um tempo, coloquei um filme para nos dois ver, mas no meio do filme por causa da chuva acabou a energia!
-E agora o que vamos fazer a tarde toda? – perguntou ela.  
-Conversar!
-Sobre o que ?
-Não sei!
Ficamos em silêncio por um momento:
-Você caiu nas ultimas semanas? – perguntei.
-Se eu cai?
-É, caiu ou não ?
-Não, mas por que ?
-É que na noite passada eu percebi que você tem marcas pelo corpo!
-A entendi! – ela abaixou a cabeça.
-Ei, o que foi?
-Nossa você tem o dom!
-Que dom?
-De sempre achar meus segredos!
-Vai me contar?
-Vou se você contar um seu!
-Ta eu conto um, dois, três ... Quantos você quiser! Mas se você não quiser contar tudo bem!
-Não é bom você saber disso... Foi por isso que você sonhou essa noite?
-Sim, mas tomara que o sonho não tenha nada a ver!
-Bom lembra que eu falei que minha mãe ficou doente e faleceu?
-Lembro!
-Então... – ela recuperou as forças para falar – depois que ela morreu, meu pai ficou meio sem rumo então ele começou a beber!
“De certa forma eu entendia ele, mas sabia que não era certo então não falei nada e deixei, mas com o passar do tempo ele começou a piorar cada vez mais, perdeu o contato com os amigos e não falou mais com a família...”
“Eu estava mais perdida do que ele, pois perdi uma das coisas mais preciosas da minha vida... – começou a aparecer lagrimas em seus olhos então a reconfortei nos meu braços – Eu consegui aceitar melhor a idéia por causa da ajuda do meu ex, mas meu pai não quis conversar com ninguém então acabou bebendo cada vez mais...”
“ Nos últimos messes eu tentei falar para ele parar, mas ele não quis me ouvir e pela primeira vez meu pai levantou a mão pra mim, e me lembro muito bem do tapa que levei ... – as lagrimas começaram escorrer de seus olhos – E agora eu sou a culpada de tudo, e sem motivo e sempre que ele pode, fala que eu sou um erro e me bate deixando essas marcas no meu corpo!”
-Amor para de chorar, não gosto de te ver assim! – abracei ela mais forte.
-Você não tem idéia de como é horrível ser a “princesinha” do pai em um dia, e no outro ser o “demônio” que veio para acabar com a vida dele!
-Mas por qual motivo ele faz isso com você?
-Eu não sei... Mas eu queria que ele parasse por que ele está me magoando e muito!
-Quer que eu fale com ele?
-Você vai falar o que?
-Não sei, tentar ajudá-lo!
-Deixa pra la...
-Deixa pra lá coisa nenhuma, ele ta errado não pode fazer isso, e nem você deve aceitar... – comecei a me irritar.
-Felipe para! – gritou ela – Ele é meu pai, não quero atingi-lo, deixa do jeito que está depois eu resolvo!
-Desculpa, é que eu não suporto a idéia de alguém fazendo algo a você!
-Eu sei, mas ... Por favor fica fora disso!
-Ta bom, desculpa me intrometer!  
-Não tudo bem eu sei que você só quer me proteger!
Eu a beijei de forma calma e delicada...
-Eu te amo, e não quero que nada te aconteça! – ela sorriu e me abraçou.
-E então, agora sabe tudo sobre mim, mas eu não sei nada sobre você!
-Minha história não é muito empolgante mas... Então quando eu tinha uns 14 anos fiz uma viajem...
Contei pra ela cada detalhe da minha história, sobre minha mãe, meu pai, o drogado, a Heloisa ... Enfim tudo que ela tem direito de saber...
-Então você mora com sua professora de português?
-É a Lucia, depois eu te apresento a ela!
-Mas você não tem mais contado com sua mãe?
-Não, nunca mais soube dela!
Nesse momento, a energia voltou, já era umas cinco horas da tarde então eu ela para aproveitar que a chuva não estava mais tão forte, fomos lá fora tomar banho de chuva.
Depois entramos encharcados em casa e tomamos banho juntos, como estávamos um pouco agitados resolvemos repetir a dose da noite anterior, eu a agarrei e a levei para a cama . . .


...
*Depois *
Como ficamos cansados, deitamos na cama e conversamos até pegar no sono.
...

...
Capitulo 20 – Ultimo dia
-Não queria ir, mas fazer o que!
-Eu prometo que te trago de volta no final de ano!
Entramos no carro:
-Tchau casa, até a próxima! – disse ela mandando beijo para a casa.
-Não acredito nisso!
-Que foi só estou sendo educada!
...
Continua... 
Continue Lendo ►

9000 Visualizações


Leitores obrigado por existirem!

Continue Lendo ►

Não perca tempo...


Garotas faltam apenas uma semana  para que vocês mandem a sua pergunta ---> Clique aqui e mande sua pergunta!
Continue Lendo ►

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Web-Novela Cap.19


Capitulo 19 - Marcas

    Felipe descobre certas marcas no corpo da Aline, o que ele não sabe é que essas marcas são do maior segredo dela, que envolve o pai dela. Como ele estava preocupado com ela acaba perguntando e ela conta tudo!
     Que segredo é esse?

     Bom isso você só vai descobrir nesta quarta-feira, dia 26/10 as 23:30. Não perca! 



Continue Lendo ►

Fora de contexto...


Fora de contexto...

    Não importa o que eu faça, vista, sinta, mexa ou mude, eu sempre vou ser diferente, e isso não vai mudar! eu gosto de ser diferente dos outros, mas tudo tem seu lado negativo!
    Eu sei que mais da metade do mundo me odeia, mas f#@$ -se eles, em todo lugar que vou eu sempre sou popular, mas papular porque eu sempre sou descriminado, julgado e mal falado por todos ou pela maioria, mas eu nunca me importei com isso até começar a agressão física!
    Eu NUNCA tive um amigo,o porque eu não sei, mas provavelmente é por causa dos covardes que andam em grupo agredindo os outros, nunca nenhum menino chegou para conversar comigo, nunca nenhum menino quis me conhecer pra depois julgar!
    Mas eu não desisti e coloquei ordem, e agora todos que me criticavam, me aceitam por bem ou mal, pois eu fiz cada um deles engolir cada palavra dita sobre mim, se eu não tivesse sofrido bullying desda primeira série provavelmente eu não séria o garoto que sou hoje!
    Ainda bem que eu tinha amigas para me apoiar, Patricia, Isabelli, Sabrina, Marina, Kelly, Karla, Isabella, Julia, Drielle, Raisa,Carol ........... Devo tudo a elas, vai ver que graças a elas eu sei o verdadeiro valor de uma garota e como cuidar dela!
    Está bem, enfim e sempre fui um garoto fora de contexto... Nunca deixei de sentir, nunca deixei de me expressar, nunca deixe de sorrir, nunca tentei impedir uma lagrima, nunca passei por cima dos outros, nunca deixei de ser eu mesmo a cada segundo da minha vida, vai ver que é por isso que esses muléques me odeiam, por eu não ter medo de ser quem eu sou, por eu não colocar uma mascara na cara para que todos me aceitem.
    Não importa se eu sou um garoto diferente, se eu só ando com meninas, se eu não tenho medo de expressar meus sentimentos... Isso não importa e nem quer dizer que eu sou gay ou algo do tipo! Mas não me importo mais com a opinião alheia!
   O que importa é que eu sempre vou continuar sendo diferente de todos!   
   Não importa o que você fale de mim, o quanto me atinge ou a agressão que faça, eu vou ser sempre assim, me aceite ou saia do meu caminho! 

   E agora graças ao blog estou conhecendo pessoas de verdade e começando a ter amigos! OBRIGADO a todos!
    
Continue Lendo ►

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Capitulo 18 – junção de corpos



Capitulo 18 junçao de corpos

 Quando chegamos em casa já era tarde, porque eu havia levado ela para jantar em um lugar diferente! Naquela noite estamos agitados então entramos aos beijos em casa!
Depois dela soltar a bolsa e eu a chave do carro, peguei ela no colo ainda aos beijos e a encostei na parede:
-Eu te amo minha linda!
-Eu te amo mais!
-Duvido! – voltamos a nos beijar!
...



...


Quando perdemos o fôlego  de tantos beijos, para não derrubá-la no chão a apoiei na mesa de vidro!
-Já canso é? – perguntou ela
-Não só perdi o fôlego! – ela começou a rir.
-Do que você ta rindo? – perguntei.
-Da sua cara, ta muito engraçada!
-A é, vai rir de mim! – comecei a fazer cócegas no corpo dela, e depois voltei a beija - lá
Dessa vez foi ela que perdeu o fôlego!
-Canso?
-Não! – ela voltou a me beijar – Nossa hoje agente ta com um fogo!
-Com certeza! – a peguei no colo e a levei para o quarto aos beijos!



Chegando no quarto a coloquei na cama, e voltei a beijá-la, de repente comecei a acariciar o corpo dela, ela me agarrou com mais firmeza e eu fiz o mesmo! Comecei a dar selinhos por todo o corpo dela, até eu começar a abrir a sua blusinha!


-Desculpa, me animei de mais! – falei
-Dani se! – ela tirou a minha camiseta e volto a me beijar!
Eu terminei de abrir a blusinha dela e a tirei, depois comecei a beijar a sua barriga! Parei novamente para perguntar:


-Tem certeza?
-Tenho, só estava esperando o tempo certo!
-Eu te amo sabia?
-Sempre soube!
Eu a agarrei novamente, e tirei seu mini short! E comecei a abrir seu sutiã ...
...















...
*Depois*
Nunca tinha tido, uma relação tão gostosa e prazerosa, como foi com a Aline, avia uma coisa diferente entro nós dois, algo inexplicável, verdadeiro e sincero! Uma química tão forte, que parecia que aviamos combinado os nossos movimentos!
Parecíamos imãs conectados, um se movia o outro se moldava ao movimento, simplesmente inexplicável, mas de uma coisa eu tenho certeza nunca me esquecerei dessa noite!
Durante nossa relação, reparei umas marcas no corpo dela que não tinha percebido, mas deixei de lado para não estragar o momento!
Quando a Aline saiu do banho e voltou a cama com uma lingerie muito linda, eu a beijei, e fui tomar banho! Depois do banho coloquei uma bermuda e voltei pra cama, deitei ao lado dela e ela me agarrou e eu correspondi e beijei sua testa!
Eu não conseguia parar de pensar naquelas marcas roxas no corpo dela, mas eu não quis perguntar para não estragar a noite, o que não adiantou muito porque ela acabou percebendo:
-O que deu em você , que está tão pensativo? – perguntou ela.
-Não é nada não!
-Tem certeza?
-Tenho!
-Não é nada comigo?
-Não! – afirmei e a beijei.
Ela apoiou a cabeça no meu peito e eu a abracei:
-Felipe, me conta?
-Contar o que?
-Por que você está assim?
-Eu to bem!
-Não está! Você está tenso até agora, e não falou nada! – ela olhou pra mim e acariciou meu rosto – Confia em mim, e me conta! Tem alguma coisa a ver com o que acabou de acontecer?
-Não Aline! Para de ficar preocupada a toa! Não vamos estragar essa noite, tudo foi perfeito até agora! Por favor deixa isso pra depois!
- Você achou perfeito?
-Achei, foi a primeira vez que eu faço, com alguém que eu realmente amo!
-Eu também, foi mágico!
-Concordo, foi perfeito!
Ela deitou e eu a agarrei e acabamos dormindo agarrados sobre a luz da lua!


...
No meio da noite, eu tive um “sonho” muito estranho, onde a Aline corria de uns caras, e depois eles a pegaram, e começaram a bater nela deixando as marcas nos mesmos lugares! E aquilo me assustava completamente, eu não podia nem imaginar alguém tocando nela que já me irritava, imagine um sonho deses, isso então!
Aquilo me assustou de uma tal forma, que acordei desesperado, e senti um certo alivio de vela bem ao meu lado, eu a agarrei de uma forma tentando protegê-la e acabei acordando ela! 
-O que foi amor ? – perguntou ela assustada -  Nossa seu coração ta disparado! O que aconteceu?
- Você está bem? – foi a única coisa que consegui dizer, antes de abraça - lá novamente.
-Estou sim! O que aconteceu, pra você ficar assim assustado?
-Tive um pesadelo com você!
-Fica assim não eu estou aqui, ta bom e estou bem! – ela me abraçou e começou a acariciar minha cabeça.
-Eu te amo, nunca vou deixar nada te acontecer!
-Eu também te amo, mas tenta se acalmar agora, ta bom!
Eu a beijei, e tentei me acalmar, mas era difícil por que eu só ficava pensando naquelas cenas do sonho!


A Aline parecia uma mãe, tentando acalmar o filho, e que de certa forma funcionava! Quando eu me acalmei, fui tomar um banho por que eu estava até suado de tão nervoso que estava!
Naquela manha chovia intensamente, o que me acalmava mais ainda, adorava ouvir o barulho da chuva!
...


...
Capitulo 19 – Marcas
-Nossa você tem o dom!
-Que dom?
-De sempre achar meus segredos!
-Vai me contar?
-Vou se você contar um seu!
-Ta eu conto um, dois, três ... Quantos você quiser!


Continue Lendo ►

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Cap. 18 está Imperdível!


Capitulo 18 - Junção de corpos

    Felipe e Aline, decidem dar um avanço na relação, só que nessa ele descobre certas marcas no corpo dela o que deixa ele curioso e preocupado! No meio da noite ele vai ter um sonho muito sinistro em relação a essas marcas...

     Galera não percam o capitulo 18, ele está extremamente incrível! Não percam no dia 19 as 23:30!


Continue Lendo ►

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Garotas - Agora é a sua vez...


    Assim como garotos, as garotas também tem certas duvidas sobre os meninos, então eu estou dando uma oportunidade a vocês!
    Agora chegou a vez de vocês mandarem suas perguntas sobre os meninos que eu responderei, e o post com todas as respostas vai sair na primeira semana de novembro, então sejam criativas e não tenham vergonha de perguntar, que eu responderei tudo ou o que for possível
    
Deixe sua pergunta nos comentários desse post!

Continue Lendo ►

domingo, 16 de outubro de 2011

8000 Visualizações


Obrigado a todos que leem o meu blog, sem vocês eu não chegaria até aqui!

MUITO OBRIGADO MESMO!

AMO MUITO VOCÊS! 

beijos do CB!

Continue Lendo ►

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Sinto sua falta...


   É difícil de dizer o que estou sentindo, bem é difícil porque eu não sei o que é, mas uma coisa é certa, sinto sua falta e preciso de você!
   As vezes me pergunto se estou me iludindo, criando coisas e expectativas, mas desta  vez acho que estou "certo" do que sinto. Não tem ideia de como é difícil ficar longe de você e de não poder conversar, estou sentindo sua falta, você sumiu de uma hora pra outra e tenho medo de que não volte! 
   Durante as ultimas semanas você ocupou minha mente de uma tal maneira, que as vezes é até sufocante, pois quando penso em você, perco os meus sentidos, como se perdesse a voz, e não ouvisse mais nada, e meus olhos só a enxergassem e de repente eu começo a te sentir aos meus braços.
   Quando você fica online, meu coração dispara de uma tal forma e no meu rosto aparece um sorriso de orelha a orelha, é sério, não estou mais me reconhecendo, durante essa semana você me tomou de uma tal forma que não dá para explicar, e quando fecho os olhos é você quem eu vejo, e agora você é dona dos meus sonhos e pensamentos!
   Já passei varias noites em claro pensando em você, e querendo te ter aos meus braços, quando eu finalmente consigo dormir eu sonho com você e com um possível "nós"!
   Eu também queria te pedir desculpa por ser um garoto diferente, e não ter impulso e coragem para lhe falar tudo isso, mas eu tento te demonstrar isso pelos detalhes por que está é unica forma que consigo me expressar, e também porque pela primeira vez quero fazer as coisas com calma, e me desculpa por ser um idiota as vezes!
   Também queria te dizer para parar de me evitar, isso machuca sábia, eu também quero ser seu melhor amigo, para poder te ajudar!
   Será que me apaixonei?  Será que você é a primeira garota que eu amo realmente?  Será que é você?
   Bom se for você, garota se prepara, porque eu não desisto fácil!

   E se estiver lendo isso quero lhe dizer que EU TE AMO!

             


Continue Lendo ►

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Capitulo 17 – Nossa família




Capitulo 17 Nossa família
 Depois que tomamos banho, fomos dormir, por que não aguentávamos mais o cansaço! Dormimos no quarto, que tinha a varanda e eu fiz questão de só fechar a porta de vidro para que a luz da lua entrasse.
Dormimos agarrados um com o outro, parecendo um só, ouvindo o barulho do mar e com a luz da lua penetrando o quarto, clareando tudo, fazendo daquele momento o mais inesquecível e surreal da minha vida!
...


...
Na manha seguinte, quando acordei e abri os olhos a Aline já estava acordada, olhando para mim e fazendo cafuné na minha cabeça.
-Bom dia! – falou ela.
-Bom dia amor!
Demos um selinho e nos agarramos novamente, nem eu e muito menos ela excitou em levantar da cama, ficamos olhando a luz do sol que entrava, pela porta de vidro, até eu quebrar o silêncio:
-Dormiu bem? – perguntei.
-Lógico, ao seu lado tudo fica bem!
-Ooonwt! - Eu a agarrei e a beijei!
Depois de um tempo ela decidiu levantar e eu a segui, fomos até a cozinha e pegamos algumas coisas que aviamos trazido de São Paulo, para comer:
-Precisamos ir urgente ao mercado! – comentei.
-Com certeza!
-Quer ir comigo?
-Quem disse que você ia sozinho?
-Ta bom, só vou me arrumar ai nós vamos!
-Ta! Vai você primeiro que eu me arrumo depois!
Nos arrumamos e fomos ao mercado, e não demoramos para voltar, assim que voltamos começamos a organizar tudo:
-Parece que estamos no meio de uma brincadeira! – comentou a Aline.
-Como assim, do que você está falando?
-De nos dois!
Eu parei de arrumar as coisas para olhar para ela:
-Como assim, você acha que o que sinto por você é brincadeira?
-Não seu bobo! – ela se virou para me olhar – Estou falando que parece que estamos brincando de casinha!
-Não entendi!
-Tipo eu a mamãe e você o papai!
-Aaah, isso é verdade!
-Só falta um filinho! – parei novamente para olha ela.
-Não está muito sedo pra pensar nisso? – perguntei.
-E quem disse que precisa ser agora? Você nunca pensou, no nosso futuro?
-Claro que já, vamos ter uma família linda!
-Vai ser, a nossa família!



Nos beijamos até perdermos o fôlego! Depois de arrumar as coisas, fomos para a praia, nos divertir um pouco, nos beijamos, brincamos, sorrimos, mergulhamos, nos abraçamos, fizemos de tudo aquela tarde até  o anoitecer!















Depois que tomamos banho, olhamos no relógio ainda era 10 horas da noite, e estávamos sem sono, então jantamos e fomos ver um filme!
Deitamos no sofá, agarrados e vimos um filme de comédia romântica, que por sinal era muito engraçado e fomos dormir.
...


*Na manha seguinte*
Quando eu acordei, a Aline não estava mais na cama, levantei, e fui para o banheiro lavar o rosto, depois fui para a sala, onde ela estava:
-Bom dia! – disse.
-Finalmente você acordou!
-Nossa, não rola um bom dia não?
-Boa tarde! – disse ela
-Chata!
-Idiota!
-Retardada!
-Doente mental!
-Vem cá vem?
Ela saiu do sofá e pulou em cima de mim, e eu a segurei:
-Eu te amo seu besta!
-Eu te amo sua idiota!
Encostei ela na parede e a beijei, assim que parei ela falou:
-Você pode ser besta, mas é meu! – sorri para ela – O que vamos fazer hoje?
-Surpresa!
-Chato!
-Vai começar de novo?
- Se o final for tão bom como esse, vou sim!
-Vai se arrumar que eu vou te levar  a um lugar!
-Ta bom!
Nos arrumamos e fomos para uma outra praia, lá eu havia alugado um iate, passamos a tarde toda nele almoçamos lá e depois demos um mergulho!



Quando chegamos em casa já era tarde, porque eu havia levado ela para jantar em um lugar diferente! Naquela noite estamos agitados então entramos aos beijos em casa!
Depois dela soltar a bolsa e eu a chave do carro, peguei ela no colo ainda aos beijos e a encostei na parede:
-Eu te amo minha linda!
-Eu te amo mais!
-Duvido! – voltamos a nos beijar!
...

Capitulo 18 – junção de corpos
-Tem certeza!
-Tenho só estava esperando o tempo certo!
-Eu te amo sabia?
-Sempre soube!
Continua...  
Continue Lendo ►